sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Sandy volta aos cinemas ao lado de Antonio Fagundes na pele de uma sensual estudante de música

  Sandy está confirmada no elenco de ‘Quando Eu Era Vivo’, novo filme de Marco Dutra. A partir de setembro, a cantora começa a gravar as cenas de uma sensual estudante de música ao lado do veterano Antonio Fagundes


  Longe das telonas desde Acquária, de 2003, Sandy Leah (29) já tem data marcada para o seu retorno aos cinemas. A partir de setembro, a atriz e cantora começa a gravar em São Paulo as cenas da sensual estudante de música Bruna, sua personagem no filme Quando Eu Era Vivo, novo de Marco Dutra, cineasta revelado em Cannes com Trabalhar Cansa. O longa é baseado na obra A Arte de Produzir Efeito Sem Causa, de Lourenço Mutarelli.

  “Eu queria uma atriz que tivesse alguma relação com a música”, explicou Marco em conversa com a CARAS Online. “No livro, a Bruna aparece como uma estudante de artes plásticas, mas eu quis transformá-la em uma estudante de música e acabou funcionando bem para a personagem”, complementou o diretor, que também assina o roteiro da adaptação ao lado de Gabriela Amaral Almeida.
Na nova produção, Sandy estará muito bem acompanhada pelo veterano Antonio Fagundes (63), que interpreta um viúvo, dono da casa em que Bruna passará a morar de aluguel. “O Fagundes é um ator excepcional, sempre achei esse personagem a cara dele”, disse o diretor, que recebeu o nome do ator através do produtor do filme, Rodrigo Teixeira. “O Antonio era uma exigência do Rodrigo, enquanto a Sandy foi uma sugestão minha”, esclareceu.

  A harmonia na casa onde a estudante mora acaba com a volta do filho do viúvo, o dono do quarto onde Bruna está vivendo. “Não tem espaço para o filho e, partir daí, surgem conflitos entre essas três figuras”, contou Marco. Este personagem, interpretado por Marat Descartes, era, a princípio, de Fabio Assunção (40), que não pode participar do filme por conta de compromissos na agenda profissional.

Fonte: Caras