quinta-feira, 2 de agosto de 2012

''A conta bancária teve muitas modificações'', diz Sandy sobre nova fase da carreira

Cantora se reuniu com fãs e jornalistas em um bate-papo, no no Teatro II


  Sandy se reuniu com jornalistas e com o público para falar sobre a vida e carreira, na noite desta quarta-feira (01), no Teatro II, no Rio de Janeiro, No encontro, que fez parte da agenda do CCBB, a cantora falou a repercussão do show com repertório de Michael Jackson. ''Esse show foi um desafio muito grande, fiquei morrendo de medo de errar, porque eu comecei do zero, mas agora esse show já parece meu, me apropriei dele. Quando a gente se sente segura, a gente aproveita mais, agora estou na fase de aproveitar. As pessoas não estavam me levando a sério, mas as passaram a me respeitar depois que assistiram'', disse Sandy, que ainda falou como começou a sua admiração pelo rei do Pop. ''Comecei a ouvir Michael com cinco anos, eu era muito fã. Aos 10 anos participei de um show dele fazendo linguagem de sinais para as crianças, mas errei tudo. Lembro como se fosse hoje, nesse show ele parecia ter uma mão enorme e uma luz própria diferente, pra mim, ele era enorme. Nunca vi o Michael como astro, mas como ser humano''.

  Durante a entrevista, Sandy ainda falou das mudanças que teve ao retomar a carreira depois de algum tempo longe dos palcos e do irmão, Junior Lima. ''Agora estou voltando a compor, tive uma fase que achei que não fosse compor nunca mais. Antigamente eu viajava de jatinho, porque o cachê permitia, a gravadora bancava tudo. Eles bancavam clipes caríssimos, mas hoje eles não pagam nada. A conta bancária teve muitas modificações, mas graças a Deus teve 17 anos de Sandy e Junior aí. Hoje eu gasto mais do que recebo, antes tocava para 20 mil pessoas, hoje meu público é de 2 mil pessoas, mas agora tenho mais liberdade, faço música para quem quer ouvir''.

  Apesar da saudades do irmão, a cantora descarta uma parceria com Junior para logo. ''Meu irmão cantou comigo no DVD do meu pai, ele está bem no rock e no eletrônico, a gente é irmão e algum dia essa parceria vai acontecer naturalmente, mas por enquanto não. Tenho saudade daquela época, mas é uma saudade boa. Estava ao lado da pessoa que mais amo, meu irão, tenho muito orgulho da nossa historia. Hoje tenho saudades da presença física dele, até porque ele mora em São Paulo e eu em Campinas, mas só, porque em pensamento sempre estamos juntos'', contou.

  Apesar de estar com a agenda lotada por conta das duas montagens nos palcos, Manuscrito e Michael Jackson, Sandy parece ter gostado de atuar e contou que fará um filme com Antônio Fagundes. ''Vou fazer um filme chamado Quando era vivo, dirigido por Marco Dutra. Vou contracenar com Fagundes gente, estou muito fina. A minha personagem vai se chamar Bruna, uma estudante de música”, contou Sandy que ainda pretende adiar o sonho de ter filhos. “Pretendo ter filhos, estou muito feliz com meu casamento, mas quero planejar um pouquinho mais''

Fonte: Contigo